Parques sustentáveis reúnem diversão e sustentabilidade na capital alagoana


“Assim que ela avista o parquinho, começa a apontar e pedir para descer. E se eu não parar, é briga”. A declaração é de Luciana da Silva, mãe da pequena Emily Vitória, em uma de suas idas com a filha ao parquinho sustentável “Vô Hélio”, situado na Avenida Álvaro Otacílio, Ponta Verde. 

“É a diversão favorita dela”, conta Luciana da Silva sobre a relação da filha com o parquinho Vô Hélio, na Ponta Verde. Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Residente no bairro Jacintinho, Luciana  afirma já acordar com o pedido diário da filha para ir ao local. “Ela logo começa a chorar para vir e eu gosto de atender ao pedido dela. Aqui ela constrói amizades e brinca com os pés na areia, sem preocupação. Eu fico super feliz com a felicidade dela”, completa a mãe.

Vô Hélio é um entre os muitos parquinhos espalhados pela capital alagoana que vêm com o objetivo de unir o lazer com a educação ambiental, já que o equipamento é todo construído em madeiras de eucalipto e pinus, provenientes de reflorestamento.

Parque Sustentável “Vô Hélio”, na Ponta Verde. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Os locais são dotados de brinquedos que remetem à infância e vêm atraindo maceioenses e turistas que procuram por momentos de diversão ao ar livre com seus filhos. Carrinhos gigantes, escorregador em forma de barco e até animais silvestres de madeira estão como opções de divertimento nos espaços.

De férias em Maceió, Gabriela Leão conta que o parquinho já virou uma preferência da família. “Todas as vezes que venho à cidade, faço questão de trazer o Lucas. Aqui eu consigo proporcionar um momento diferente de lazer para meu filho e ao mesmo tempo, ensiná-lo sobre proteção ao meio ambiente”, declara Gabriela.

“É bonito, sustentável e ele ainda se diverte. Por isso trago sempre o Lucas aqui”, declara Gabriela Leão sobre o parquinho. Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Os demais parques se distribuem em diversos pontos da capital, a exemplo das Avenidas Doutor Antônio Gouveia e Sílvio Carlos Viana, na Pajuçara; do Corredor Vera Arruda, na Jatiúca; do Mirante Kátia Assunção e Grota do Moreira, ambos no Jacintinho, além daqueles localizados em praças como a Gastão Florêncio, na Santa Lúcia; Rosa Mística, na Jatiúca.

Polyanna Monteiro

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.